Vacinas para janeiro: saiba quais doses tomar em Caxias do Sul

Janeiro é conhecido como o mês das férias e das altas temperaturas, mas o que muitos esquecem é das vacinas para janeiro, algo que é extremamente importante para a saúde de todos. 

Com as altas temperaturas, nossa imunidade tende a abaixar, fazendo com que estejamos mais propensos a uma série de doenças.

Não estamos falando apenas de adultos ou de crianças, estamos falando de todos, afinal, a vacinação é algo importante desde as primeiras horas de vida até a melhor idade. 

Por isso, pensando na sua proteção e para te ajudar a curtir melhor a estação mais quente do ano, montamos este artigo para que você conheça as principais vacinas para janeiro para tomar em Caxias do Sul. Vamos lá?

1 – Hepatite A é uma das principais vacinas para janeiro

Protegendo contra infecções no fígado causadas pelo contato com fezes infectadas, a vacina contra hepatite A é uma das mais importantes de nossa vida. 

Apesar de ser indicada entre os 12 e 18 meses, em duas doses, muitos adultos ainda não estão imunizados contra a doença ou sequer sabem se tomaram as doses necessárias na infância.

Por isso, antes de embarcar em uma viagem e aproveitar a estação é importante conversar com um médico de sua confiança para realizar a imunização. Inclusive, pode ser uma grande opção tomar a vacina combinada, encontrada normalmente em clínicas particulares, que protege contra os dois tipos de hepatite (A e B). 

Em adultos, a imunização acontece em 3 doses, sendo a segunda administrada 30 dias após a primeira, e a terceira, 5 meses após a segunda.

2 – Febre Amarela também é essencial entre as vacinas para janeiro

A febre amarela é uma infecção viral e o seu principal transmissor é o mosquito. Tal doença tem maior incidência em regiões tropicais e os surtos normalmente acontecem quando o clima esquenta, ou seja, na primavera e verão.

É importante entender mais sobre a febre amarela (temos um artigo completo, basta conferir) e buscar pela imunização. A vacina deve ser tomada a partir dos 9 meses de idade, com a segunda dose sendo ministrada aos 4 anos.

Entretanto, é importante se atentar, pois ainda não existe um consenso sobre a duração da proteção do imunizante. Por isso, uma dose de reforço passou a ser exigida para quem tomou a segunda dose antes dos 5 anos de idade. 

Além disso, viajantes internacionais também devem tomar a vacina 10 dias antes da viagem, considerando que alguns países solicitam o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP).

3 – A vacina contra rotavírus não pode ser esquecido

O rotavírus é um dos maiores causadores de diarreia grave em crianças menores de 5 anos. Apesar da gravidade maior ser para os pequenos, os adultos também estão sujeitos a doença, podendo passar por um quadro de gastroenterite aguda (vômito e diarreia). A transmissão do vírus normalmente acontece via fecal-oral.

Sendo assim, a vacina é a maior e melhor alternativa para combater o vírus, que tende a ser mais frequente no verão. Sua aplicação é feita por via oral em crianças entre 6 semanas e 7 meses e 29 dias. O esquema vacinal em rede particular é divido em 3 doses, com intervalo mínimo de 4 semanas entre elas. Já em rede pública, é dividido em duas doses.

Enfim, fique atento as vacinas para janeiro e garanta a sua proteção, bem como da sua família. Aliás, em Caxias do Sul você encontra a Unidade Dr. Vacina. Com um ótimo atendimento e os imunizantes que você precisa para se manter protegido, você garante suas doses sem preocupação.

Gostou do conteúdo e quer saber como se cuidar neste verão?Confira nossos demais artigos!

Patrícia Ruiz – COREN – SP 226-788 – Enfermeira Responsável Técnica. Concluiu a graduação de Enfermagem em 2009 na universidade UNIP – Sorocaba. Atua desde 2017 no Dr. Vacina.

FONTE

As 5 vacinas indispensáveis para cuidar da saúde da família. EspecialMed. Consultado em 11 de janeiro de 2023.

Leia Também:

Quais as vacinas mais importantes para um bebê?

Quais são as vacinas dos dois meses para os bebês?