Saiba como o HPV se manifesta e como se proteger!

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o combate ao HPV está entre os dez maiores desafios globais de saúde. Apesar de ser uma doença facilmente diagnosticada, a prevenção ainda é o melhor recurso.

Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre os sintomas e a melhor forma de prevenção. Mas, se você ainda tiver dúvidas sobre a imunização, pode esclarecê-las em uma das clínicas da Dr. Vacina, como a Unidade de Caxias do Sul. Boa leitura!

O que é o HPV?

Os Papilomavírus Humano, mais conhecidos como HPV, são vírus que podem infectar a pele ou as mucosas.

São mais de duzentos tipos diferentes, sendo que os Papilomavírus 06, 11, 16 e 18, são os maiores responsáveis pelo desenvolvimento do câncer do colo do útero, sendo que também podem se manifestar na região genital e do ânus.

Quais são os sintomas?

Na verdade, a infecção pelo HPV costuma ser muito comum, porém é uma doença silenciosa e assintomática, na grande maioria das vezes.

Nosso sistema imunológico quase sempre dá conta do recado. Contudo, estima-se que 5% das pessoas infectadas acabarão manifestando a doença.

As lesões visíveis surgem como verrugas na região genital, tanto de homens como mulheres, mas também podem se manifestar no colo do útero, boca e garganta.

Descobri que estou com HPV, o que faço agora?

O diagnóstico da infecção pelo HPV, sem que haja a manifestação de verrugas ou lesões precursoras do câncer do colo, não é considerado relevante. Isso porque, nesses casos, não há o que fazer.

Já o tratamento das verrugas ou lesões no colo do útero — quando diagnosticadas precocemente — é relativamente simples e deve seguir a orientação de um médico. Por isso, a prevenção é a melhor maneira de evitar complicações.

Quais são as formas de prevenção?

Uma das maneiras mais eficientes de prevenção é o exame chamado de Papanicolau, que analisa uma amostra de células do útero e pode detectar alguma alteração de forma precoce. O teste é preventivo, simples e realizado no próprio consultório.

Recentemente foram desenvolvidas vacinas capazes de aumentar a proteção contra os tipos mais comuns desse vírus. A estimativa é que mulheres vacinadas antes do início das atividades sexuais podem reduzir até 70% as chances de desenvolverem o câncer do colo do útero.

A vacina é recomendada para homens e mulheres a partir dos 9 anos de idade. A vacina disponível hoje é a HPV Quadrivalente (Gardasil), é indicada dos 9 aos 26 anos para os homens e dos 9 aos 45 anos para as mulheres.

Por que contar com a Dr. Vacina?

Além de ser a sua clínica de vacinação de confiança, a Dr. Vacina tem um ambiente humanizado que respeita sua individualidade. Mas se você preferir, também oferecemos o serviço de vacinação em casa.

A vacina oferecida em nossas unidades é a quadrivalente, que protege contra os vírus HPV 6, 11, 16 e 18. Cuidar da saúde da sua família é um ato de amor e nós sabemos que a prevenção é a melhor escolha.

Então, saiba mais sobre quem pode receber a dose neste artigo: Adultos podem receber vacinação para HPV?

Patrícia Ruiz – COREN – SP 226-788 – Enfermeira Responsável Técnica. Concluiu a graduação de Enfermagem em 2009 na universidade UNIP – Sorocaba. Atua desde 2017 na Dr. Vacina.

FonteINCA | Fiocruz

Leia Também:

Verão em São Caetano: Dicas e Cuidados

Vacinas para janeiro: quais os imunizantes mais importantes para quem mora em Osasco?