O que é e quem deve tomar a vacina dTpa

Saber quando e quem deve tomar a vacina dTpa é algo essencial para que a carteira de vacinação seja mantida em dia. Saiba mais:

O nome pode parecer difícil, mas certamente você já deve ter ouvido falar sobre a vacina dTpa. Protegendo contra difteria, tétano e coqueluche, a vacina dTpa tem um ponto que a diferencia: ela é acelular. O fato faz com que muitas pessoas tenham dúvidas sobre a eficácia e também quando a mesma deve ser tomada ou não.

Pensando nisso, montamos este artigo com tudo o que você precisa saber sobre a vacina, seu esquema e recomendações. Vamos lá?

O que é a vacina dTpa?

vacina Tríplice Bacteriana Acelular (dTpa) tem a mesma função da vacina DTP: proteger contra difteria, tétano e coqueluche. Entretanto, por se tratar de uma opção acelular, esta tem menor incidência de reações, mas oferecendo a mesma eficácia.

Geralmente, a dTpa é recomendada como reforço para crianças a partir dos 4 anos, adolescentes, adultos, idosos e grávidas a partir da 20° semana de gestação. Entretanto, todo o esquema pode ser feito com a opção acelular, lembrando que a vacinação de crianças é específica.

Isso porque, de acordo com o SBIm, a vacina dTpa é do tipo adulto e, por isso, não deve ser aplicada em crianças abaixo de 4 anos. As doses iniciais do esquema devem ser a DTPa, opção infantil, escolhendo, de preferência, a vacina quíntupla (penta) ou hexa, nas quais a DTPa é combinada a outras vacinas.

Como funciona o esquema vacinal da dTpa? 

A vacinação de crianças, feita com hexavalente ou pentavalente se divide em 4 doses:aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 meses. Já a dTpa, indicada para doses de reforço, pode ser feita para a primeira dose de reforço prevista para os 4-5 anos de idade e, posteriormente, de 10 em 10 anos.

Além disso, gestantes também devem receber o imunizante a cada gestação, a partir da 20° semana. Se não vacinadas durante a gravidez, o imunizante deve ser aplicado o quanto antes após o parto, de preferência ainda na maternidade.

Crianças acima de 7 anos, adolescentes e adultos que não tomaram ou não contam com registros da vacina devem receber uma dose de dTpa, seguida de duas ou três doses da dT. 

A vacina dTpa tem efeitos colaterais?

Como citamos anteriormente, a opção é acelular e, portanto, tem menores incidências de reações. Entretanto, é comum que durante 24 a 48 horas da aplicação se tenha dor, vermelhidão e formação de nódulo no local da aplicação. Febre, irritabilidade e sonolência também são reações comuns.

Por mais que sejam passageiros, sabemos que essas reações podem ser incômodas. Por isso, para alívio dos sintomas, pode-se realizar compressa fria no local da aplicação, e conforme orientação médica utilizar analgésico.

Onde tomar a vacina?

A vacina dTpa pode ser encontrada tanto em rede pública quanto em rede privada. Entretanto, na rede pública, o imunizante é disponibilizado apenas para gestantes, profissionais da saúde e parteiras tradicionais. Já na rede privada, qualquer pessoa a partir de 4 anos pode receber a dose.

Assim, se você procura por conforto e segurança para o recebimento deste imunizante, é só se dirigir até a unidade Dr. Vacina Teresina, ou qualquer outra próxima a sua casa. Contamos com uma equipe de profissionais extremamente capacitados e um espaço especial para atendimento, tudo visando o melhor para você.

Procure manter sua caderneta de vacinação em dia, cuide da sua saúde e conte sempre com a Dr. Vacina! 

Patrícia Ruiz – COREN – SP 226-788 – Enfermeira Responsável Técnica. Concluiu a graduação de Enfermagem em 2009 na universidade UNIP – Sorocaba. Atua desde 2017 no Dr. Vacina.

FONTE

Vacina tríplice bacteriana acelular do tipo adulto – dTpa. Família SBIm. Consultado em 17 de março de 2022.

Leia Também:

Quais as vacinas mais importantes para um bebê?

Quais são as vacinas dos dois meses para os bebês?